LOGIN: 
SENHA: 


Energia Elétrica

A distribuição de energia elétrica no Município é feita por autarquia municipal, o Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas- DMEPC- cujo histórico e situação atual temos a seguir:

Institucional
O Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas (DME-PC) é a distribuidora de energia elétrica de Poços de Caldas, sul de Minas Gerais. Atuando desde 1955, o compromisso contínuo com a satisfação dos clientes e com a qualidade dos serviços sempre direciona as ações do DME-PC.

Exemplo nacional na construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), o DME-PC mira suas ações em modelos sustentáveis de energia, já que os impactos ambientais nesses modelos são reduzidos.

Além desse modelo, diversas ações são desenvolvidas para a preservação da natureza e do meio onde os empreendimentos do DME-PC estão localizados. Soma-se à preocupação com a sustentabilidade empreendimentos que garantem a qualidade de vida e energia em Poços de Caldas: 5 Usinas geradoras de Energia Elétrica, 3 represas e 2 subestações.

Histórico
Pioneirismo, empreendedorismo, visão no futuro, palavras fortes que descrevem com exatidão o momento histórico pelo qual Poços de Caldas vivia em 1º de setembro de 1898, quando Octaviano Ferreira de Brito, na Cachoeira das Antas, inaugurou a primeira usina hidrelétrica da cidade.

Capaz de acender 155 lâmpadas nas ruas e iluminar as 332 casas existentes na cidade, a usina foi o grande marco do início do desenvolvimento crescente de Poços de Caldas e permitiu que o DME-PC conquistasse o respeito e a admiração dos poços-caldenses e das empresas do setor elétrico de todo o Brasil.

Em 1902, a Costa & Companhia assumiu a concessão da exploração de energia elétrica na cidade por 25 anos e aumentou a capacidade da produção de energia para uma cidade que não parava de crescer. A história da vocação energética de Poços é cercada por grandes acontecimentos, como em 1º de julho de 1927, quando a prefeitura assumiu os direitos da concessão de exploração e assinou um contrato junto ao governo do estado de Minas Gerais, recebendo o acervo elétrico.

No ano seguinte, assume em 12 de julho, a Companhia Sul Mineira de Eletricidade, que expande as linhas de transmissão, visando o desenvolvimento de Poços, que crescia com os cassinos e as famosas águas medicinais. O grande marco para o início de uma mudança transformadora e um futuro de grande sucesso aconteceu em 1954, quando foi criado, pelo então Prefeito Martinho de Freitas Mourão, o Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas, através da Lei nº. 420 de 9 de dezembro. Em 13 de julho de 1955, o DME-PC teve sua concessão outorgada pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek. Com autonomia financeira, administrativa e econômica, com o objetivo de gerar, transmitir e distribuir energia elétrica em Poços de Caldas, o DME-PC, ao longo dos anos, vem demonstrando sua vocação para o crescimento, e assim contribuindo para o desenvolvimento da cidade.

Foco no cliente
O DME-PC sempre norteou suas ações na busca da satisfação de seus clientes, funcionários, parceiros, poder concedente e comunidade onde atua. As realizações ao longo dos anos refletem uma gestão focada em resultados mas também, voltada para satisfação dos nossos clientes e comunidade.

Uma parte significativa dos investimentos do DME-PC é destinada a melhorias nas redes de distribuição, buscando aumentar ainda mais a confiabilidade dos serviços oferecidos aos seus consumidores. O DME-PC vem também ao longo dos últimos anos trabalhando na ampliação e melhoria do seu serviço de atendimento. O resultado foi, em 2008, a reforma do atendimento comercial, melhorando as condições de atendimento, ampliação dos serviços disponibilizados pelo "call center", facilitando assim o acesso aos seus serviços. Também ciente do seu papel como agente de desenvolvimento na comunidade, o DME desenvolveu ações ambientais e práticas de responsabilidade social, reafirmando seu compromisso de proporcionar a melhoria da qualidade de vida, o bem-estar e o desenvolvimento de Poços de Caldas.

O resultado de todo engajamento e realizações do DME-PC pôde ser percebido pela obtenção do Prêmio IASC - Índice Aneel de Satisfação do Consumidor - conquistando o 1º lugar nas Regiões Sul e Sudeste, acima de 30.000 consumidores até 400.000 e 2º lugar Geral entre 64 concessionárias do Brasil, atingindo 81,19 pontos, considerado excelente pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Esse resultado representa um aumento de quase 10 pontos acima do índice DME-PC 2007, e é o melhor e maior desde o ano 2000, comprovando o reconhecimento dos consumidores ao trabalho desenvolvido pelo DME-PC.

DME Energética
A DME Energética nasceu através da reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro. Com as novas determinações e leis estabelecidas pelo Governo Federal para o Setor Elétrico Brasileiro em 2004, o DME-PC teve que segregar suas atividades. Para isso criou uma nova empresa para buscar novos empreendimentos na geração e transmissão de energia elétrica, a DME Energética Ltda. O DME-PC possui 99,9% das quotas do capital social da DMEE. Assim, o DME-PC transferiu a PCH Padre Carlos também conhecida com Pequena Central Hidrelétrica do Rolador para a DME Energética. A PCH Padre Carlos está localizada na foz do Rio Lambari e tem instalado 3 conjuntos hidrogeradores que totalizam 7.800 kW.

Hoje é a DMEE que participa de consórcios para construção de novas usinas e torres de transmissão fora do município. Entre seus investimentos podemos destacar a UHE Barra Grande, no Rio Grande do Sul. Conta ainda com os consórcios para construção da UHE Serra do Facão, em Goiás, UHE Salto Pilão, em Santa Catarina e UHE Pai Querê, no Rio 36 Grande do Sul. Também possui participação nas Linhas de Transmissão Campos Novos/Santa Marta/Lagoa Vermelha, nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

MAIS FOTOS
PORTAL POÇOS NA REDE.COM - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Email: [email protected]